Selecione um idioma
Selecione uma área
Luz Athena

Rio Grande do Sul

Em Santa Vitória do Palmar as empresas Luz Athena Energia Sustentável Ltda e a Santa Rita Ltda., desenvolvem um arrojado projeto de parques eólicos de 600 mw por intermédio da SPE (Sociedade de proposito específico) Santa Vitória Energia Renovável Ltda.

Já são mais de 5 mil hectares arrendados onde estão instaladas três torres de medição, sendo uma de 100 metros de altura e outras duas de 140 metros. As torres de 140 metros têm o objetivo de obter dados dos ventos com maior altitude o que poderá permitir a instalação de aerogeradores de maior capacidade daqueles usualmente instalados no Brasil. O aumento da capacidade instalada pode chegar a até 3 vezes mais, melhorando, consequentemente, o rendimento do parque.

A Santa Rita possui grande know how ao projeto, vez que já participou da construção de parques eólicos e linhas de transmissão em diversos Estados do Brasil, inclusive Rio Grande do Sul, a se destacar a linha de transmissão que passou a integrar o município de Santa Vitória do Palmar ao sistema integrado nacional no ano de XXXX.

Em recente viagem a Alemanha e China, a equipe da Luz Athena teve a oportunidade de visitar os maiores fabricantes de aerogeradores do mundo e conhecer as novas tecnologias que a Luz Athena irá empregar no projeto Santa Vitória, oportunidade em que pode verificar a maior precisão nas medições eólicas para a consequente construção de um parque com equipamentos mais eficientes e maior retorno financeiro.

Abaixo algumas perguntas e resposta sobre as regras que regem o setor:

1) Quando uma empresa instala uma torre de medição ela passa a ter algum direito sobre as áres próximas?
R.: Não, para ter direito sobre uma área é indispensável que o proprietário da mesma assine contrato de arrendamento. A torre de medição serve apenas para obter dados dos ventos para a empresa e para os órgãos regulamentares, (ANEEL, EPE e MME) e consequente certificação.

2) Qual a distância que deve existir entre um parque e outro?
R.: Segunda a Resolução 391 da ANEEL, a distância mínima permitida é de 20 vezes a altura máxima do aerogerador na direção predominante do vento que na região é o nordeste.

3) Como funciona o leilão de venda de energia?
R.: A empresa munida dos contratos de arrendamentos, dos dados certificados das torres de medição, dentre outros documentos, se habilita nos leilões de energia promovidos pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética) e vence aquele que vender a energia pelo menor preço. Atualmente os preços vencedores estão em torno de R$ 100 / mw. Isso significa que aerogeradores que produzem mais mw poderão vender mais barato e terão maior capacidade de vencer leilões.

Portifólio
Potencial eólico
Projetos
Home Empresa Portfolio COntato Rio Grande do Sul Rio Grande do Norte Potencial sua Propriedade Arrendamento de Propriedades Aproveitamento Eólico no Uruguai Portifólio de Projetos Projetos em Desenvolvimento